Os Peregrinos

O caminho não é novo... O novo está em nós, no nosso jeito de caminhar!

Quando os leigos celebram... ou... São Francisco, olhai por nós!

“Onde há ódio, que eu leve o amor...
À ofensa, o perdão... às trevas, a luz!”
“E é morrendo que se vive para a vida eterna!”

(Seu Chico)

Ah, Chicão... Precisamos te redescobrir, Chicão! Hoje eu, franciscaníssimo que sou, queria muito homenagear seus feitos e seus ensinamentos... Mas não consigo viver num mundo paralelo!

Explico-te, oh Poverello! É que andaram acontecendo algumas coisas lá na minha comunidade...

Ah... Então não sabes??? Pois vou te explicar!!!

Olha o post anterior... Tens lá uma carta! Ela foi lida na despedida de um padre da nossa comunidade, durante a missa de 29-Set-07.

Explicando...
-------------------------------------------------------
Adalberto é padre da Fraternidade Palavra e Missão – Não, não... Acho que não tem muito a ver com a tua definição de Fraternidade; mas também é algo parecido com uma Ordem religiosa.

É um sujeito muito simples, filho do interior, homem pacato... Ao contrário do atual presidente da comunidade (pasme, Chicão... ainda existe este modelo de organização nas nossas igrejas).

Bom... Ao contrário agora!!! Pois, antes de ser presidente, o distinto cidadão era muito parecido com o Adalberto.

O padre não se metia nos assuntos administrativos da comunidade. Talvez aí estivesse o seu erro... Mas não é justamente um padre mais “Pastor” que vivemos reclamando?

Ao presidente não bastava ter liberdade para agir. Ele precisava mostrar quem manda...

Aí começaram as perseguições, as restrições, as proibições... E o padre recuando...

Até que foi necessário o Fraterno Geral (líder e fundador da Fraternidade) intervir. Sua ação foi bem simples... Recolheu seu padre, levantou acampamento e partiu.

Tá certo que houve alguma negociação com o Bispo... Mas – creio eu – não era hora de exigências, de nenhum dos lados.

E aí ficamos nós, nas mãos da Paróquia – que é diocesana – outra vez.

Não que seja lá muito ruim... Mas é que são trabalhos bem distintos! Nossa Diocese é bem romana (nada contra nossa querida Itália, Francisco... tu também tiveste problemas com o pensamento romano, não é!?!).

Bom... em contrapartida, a proposta da Fraternidade é bem mais popular. Como somos um bairro de periferia... Conheces a periferia, não é!?! Não vieste de lá, mas aos pobres escolheste como família e, portanto, lá te tornaste santo e lá morreste.

Não tínhamos formações populares, antes da Fraternidade chegar. Nenhuma manifestação do povo seria possível de se imaginar, quando quem nos guiava era um diocesano.

Uma participante, liderança ativa, confessou que teria simplesmente abandonado tudo, se fosse outra época. Mas que a Fraternidade – e principalmente a Escola da Palavra (estudo bíblico popular) – fizeram-na rever suas atitudes.

Tu também quiseste ser santo a partir de uma leitura popular da Bíblia, não é, Chicão!?! Lembra??? “Alla lettera...”

Tudo muito bom, tudo muito bem... Mas realmente... Embora tenhamos feito uma pequena experiência de comunidade, quando nos reunimos para manifestar nosso desagrado com a partida do padre Adalberto, o certo é que ainda somos grupos isolados e, não, uma comunidade.

Colocamos a culpa toda no presidente, como se a nossa omissão e a nossa desarticulação não tivessem também lá sua parcela de responsabilidade.

Como na Bíblia, onde as mais fortes experiências de Deus estão vinculadas ao sofrimento (êxodo, exílio, crucificação, martírio...), parece que hoje também precisamos sofrer para dar/ter valor, para fazer os valores do Reino acontecerem.

Aliás... Lembro-me que contigo aconteceu algo semelhante... Foi só quando beijaste um leproso que realmente te tornaste o “Pobrezinho de Assis”, não!?!

Que possamos, pelo menos daqui para frente, ser verdadeira comunidade, unidos, compromissados, atuantes... As experiências bíblicas, há pouco citadas, mudaram o comportamento e a cultura de povos e nações. Por que agora precisa ser diferente?

Quem sabe, como primeiro passo, em vez de uma diretoria, não montamos um Conselho Pastoral? Aí as decisões serão sempre de todos e ninguém mais poderá se eximir das responsabilidades.

E não é só pra ter culpados que o Conselho serve. Trata-se de um belo exercício de democracia e é um meio muito eficaz de colocar em prática as orientações do Concílio Vaticano II, voltadas para a participação do leigo na Igreja.
-------------------------------------------------------

Que achaste, Francisco??? Concordas???

Bom... Fica a dica... E agora vamos à carta!

Eu a escrevi, com grande colaboração da Babi e aprovação de toda a comunidade, que a subscreveu (a carta; não a Babi, hehehehe...).

Segue abaixo... Boa leitura!!!

3 caminhantes:

Olhe o Céu disse...

Tudo é graça!!!?!?!!
sabe, pode parecer contraditório, mas de toda esta função, de todo este desgosto, uma coisa boa está acontecendo comigo. Estou conseguindo reencontrar a vontade de me envolver com minha comunidade. Encontrando novamente o gosto pela coisa. A reunião de ontem foi bastante frutífera, as pessoas simples e comprometidas que compõe o núcleo (ou um dos núcleos) desta comunidade são um exemplo lindo a ser seguido. Talvez aí esteja a tal 'Graça'.
Beijo meu amor meu.

segunda-feira, 08 outubro, 2007  
Ana Silva disse...

Participa do Movimento Rosário Permanente!

Para aderir ao Movimento, reza pelo menos uma vez por mês o Santo Rosário (Terço dos Mistérios Gozosos, Luminosos, Dolorosos e Gloriosos) de uma só vez, num dia e horário específicos, rezando em desagravo e reparação das ofensas feitas contra o Sagrado Coração de Jesus, Imaculado Coração de Maria, pela conversão dos pecadores, pelas famílias, pelos padres, Santo Padre, pelas vocações sacerdotais e religiosas, pela paz Mundial, por suas intenções particulares, pelas almas do purgatório, por todas as coisas que estão mal no mundo.

As pessoas que se comprometerem a rezar o Rosário receberão um diploma do Movimento GRATUITAMENTE, que se compõe de:

- Um cartão postal do Sagrado Coração de Jesus e Maria;
- Um folheto com a reza do terço;
- Uma novena e uma medalha de Nossa Senhora das Graças.

remetidos pelo correio.

Divulga-nos pelos teus parentes, amigos, comunidade, toda a gente que queira participar!

Convida amigos para participar do Movimento!


Para saberes mais, vai a: http://rosariopermanente.leiame.net/

domingo, 28 outubro, 2007  

Gostei de passar por aqui e parar um pouco.

A Paz...

segunda-feira, 05 novembro, 2007