Os Peregrinos

O caminho não é novo... O novo está em nós, no nosso jeito de caminhar!

O Papa não gosta de política, mas...

Milhares de pessoas cantam, rezam, choram, gritam e se descabelam em Marte (que local mais apropriado, não!?!), acompanhando a canonização de Frei Galvão.

Mas, enquanto isso, na Sala da Injustiça...

(Tá... o poder Judiciário fica em outra Sala... Sabemos!!! Mas não iríamos perder o trocadilho por nada neste mundo, que não é Marte!)

-------------------------------------
REUTERS - 09.05.2007 22:13

No dia do papa, Câmara aprova salário maior para políticos BRASÍLIA (Reuters)

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira o aumento de 29,81 por cento no salário de parlamentares, ministros de Estado, presidente e vice-presidente da República.

O reajuste refere-se à inflação acumulada de dezembro de 2002 a março de 2007, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O reajuste para deputados foi promessa de campanha do deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), atual presidente da Casa.

A medida foi decidida no primeiro dia de visita do papa ao país, num momento em que todas as atenções da imprensa estão voltadas para o sumo pontífice. A expectativa de alguns deputados é que a repercussão negativa em virtude do reajuste seja diluída pela visita de Bento 16.

Confira o texto, na íntegra, em: http://br.today.reuters.com/news/newsArticle.aspx?type=domesticNews&storyID=2007-05-10T014949Z_01_N09346640_RTRIDST_0_BRASIL-POLITICA-CAMARA-SALARIO-POL.XML&archived=False

-------------------------------------------------------------

Temos quatro comentários:

1) Não somos contra a Igreja e nem estamos querendo pegar no pé do Papa... Mas já viram a palavra que a mídia está usando para classificar os eventos acontecidos durante a visita de Vossa Santidade??? A palavra é: SHOW!!! Os repórteres não param de dizer o quanto o “espetáculo” é emocionante! E aí os microfones caem na boca dos “fiéis”, que despejam um monte de sandices e heresias, às quais ninguém condena! Manifestar um Jesus mais humano é motivo para silenciar um homem do povo! Mas adorar o Papa é motivo de glória para a Igreja... Como nos dá vergonha ser católicos, às vezes!

2) Para pesquisar esta notícia, visitamos alguns sites e vários blogs! Principalmente nestes, que expressam opiniões pessoais, vimos muito o seguinte argumento: “Porque eles (os deputados) não aumentam o MEU salário?” Bom, gente... O problema é o aumento abusivo do salário dos nossos representantes no governo, ou no fato de não sermos nós a poder contar vantagem? Se for a segunda opção, em que seremos menos corruptos, menos egoístas do que eles?

3) Estamos curiosos com uma coisa: Que diria o Papa, que pede aos fiéis para não se envolverem com política, ao saber que sua visita foi a desculpa perfeita para essa verdadeira traição que nos aprontaram os nossos deputados?

4) Gente... Viram como o Papa fala um português impecável e praticamente sem sotaque? Moramos perto de colônias alemãs e a nossa cidade (São Leopoldo/RS), inclusive, foi a primeira do Brasil a acolher os imigrantes alemães! Na verdade, foram eles que a fundaram! Já faz mais de 180 anos isso, o que quer dizer que os atuais “alemães” daqui são, na verdade, brasileiros! Mas alguns destes, alguns já há mais de 50 anos morando em nossas terras, têm um sotaque tão carregado que quase não dá pra entender o que falam! Curioso, não!?! O Papa ainda pode contar com a nossa admiração em muitas coisas (quem vê pensa que ele até nem dorme, só pensando nisso, hehehe...)! Sua fluência em português é uma delas!

5 caminhantes:

Anônimo disse...

Sou católica praticante, mas tenho que concordar com vcs viu, não aguento mais essa adoração a um homem normal como a gente.Sei que ele merecere nosso respeito,mas ja ta enchendo o saco tudo isso,viu.Fora essas pessoas dizendo um monte de baboseiras, achando isso lindo e nem percebendo que eles estão sendo manipulados e esquecendo o que esta acontecendo no mundo e no Brasil principalmente.É muito lindo o discurso do Papa,é muito lindo o discurso de varias pessoas ,mas quero ver isso na pratica.Aí que a porca torce o rabo...
Bjs Paz e Bem

sábado, 12 maio, 2007  

gostei do trocadilho... muito espirituoso.

kra, e somos pecadores por enxergar assim, criticando todas essas baboseiras... putz...

outro putz, nem de perto pensei nesse ângulo. Acho que numa conversa de roda eu acabaria na ingenuidade de dizer que queria aumento também... preciso tomar cuidado...

vamos fazer um bolão: eu acho que o Papa diria: "não podem se sentir parte da igreja os políticos que agem assim, eles vão ter que acertar contas com Deus".

agora quanto a fluência do portugês, acho que vii uma nota em algum lugar (putz, putz, putz) dizendo que ele não entende nada do que está escrito ali... hummm... sei lá...

... kra mais uma beleza de artigo...

segunda-feira, 14 maio, 2007  
Olhe o Céu disse...

Eu gostei muito do que vi,
como disse o Libâneo, em entrevista ao IHU.. o Papa se humanizou no Brasil.

Evidentemente que ele é uma pessoa normal 'dona anônima', mas em si traz todo o imaginário e toda a representatividade da fé que professamos.

Com certeza você se veste adequadamente, e trata adequadamente até o prefeito de sua cidade... não vejo nada demais em tratar adequadamente também o Santo Padre.
Se um prefeitinho 'merece respeito', quanto mais o Papa.

segunda-feira, 14 maio, 2007  
Paloma disse...

Bom, tenho acompanhado as discussões na lista da PJ e pela primeira vez estou acessando este blog. Gostaria de deixar registrado que nossa pastoral está precisando de coisas assim. Opiniões q não estão em cima do muro e q tb não são fundamentalistas, pelo contrário dialogam com um contexto e embasamento.
Também quero deixar resgistrado minhas impressões sobre a visita do Papa. Foi de arrepiar, não me identifiquei com nada, os cantos... eu só conhecia pelos prados e campinas... aquela frase repetida diversas vezes "Papa Bento XVI, nós tb te amamos" o que era aquilo. Que adoração... assim como o colega disse "traz todo o imaginário" mas o que era aquilo.
Estava no gramado e senti muita falta da PJ ali. ´Senti que estávamos dispersos...
E toda essa palhaçada articulada por baixo dos panos, enquanto estávamos "distraídos" com a "santa" visita... mais uma vez mostra que precisamos nos unir para gritar, gritos isolados não incomodam ninguém, uma prova disso foi o manifesto da PJ.
Abraços.

terça-feira, 15 maio, 2007  
Anônimo disse...

A primeira questao é...

qual é a culpa do Papa, se os políticos brasileiros legislam em causa própria?

Você abre o seu post, como se o Papa fosse o culpado pela falta de caráter dos politics dessa "Terr Brasilis"

segunda questao é...

Se a mídia fez uma cobetura vasta sobre a visita papal, de novo, qual a culpa do Papa?
A mídia quer é vender jornal e "entope" suas matérias com o que está acontecendo no momento no país. Nao se esqueca que é esta mesma mídia que ataca levianamente a Igreja. Ou seja, ela só usa tudo o que pode ser vendido como sua mercadoria.

domingo, 01 julho, 2007